Noticias
18/04/2012

Petição pede para Avon não vender livro homofóbico de pastor

Petição pede para empresa de cosméticos desvincular seu nome ao de pessoas com discursos intolerantes
Discursos homofóbicos devem ser combatidos e quando empresas se unem aos interlocutores destes, é preciso gritar. É por isso que foi criado um abaixo-assinado para que a Avon deixe de promover livros do pastor Silas Malafaia.

O abaixo-assinado lembra que Malafaia se considera “o inimigo número 1 dos homossexuais” e dissemina sua homofobia em larga escala pelo país pelos meios de comunicação abertamente.

O texto pede que a empresa suspenda imediatamente a comercialização de qualquer obra que promova discursos discriminatórios – não somente relativos à comunidade LGBT – bem como qualquer obra que seja de autoria ou que esteja ligada a pessoas que promovam discursos intolerantes.

Em resposta ao movimento contra a associação da empresa com o pastor, a Avon Internacional disse que oferece “títulos já consagrados pelo público que espelhem essa diversidade, ainda mais forte em um país multicultural de dimensões continentais.”

Vamos participar. Entre no site Petição Pública e assine.




 
Fonte: Parou Tudo
Rádio
Siga - nos
Visitas
Parceiros
  • Club A2
  • Radio Omega Hitz
  • Casa de Homem
  • #SeJoga!Manaus
  • Opera House Internet
  • Rainbe - A rede social sem preconceito
  • Loja WFREEDOM
  • U Gay
  • Hot G Music
  • Gay Tirinhas - Site de tirinhas Gays